Edmundo Saporski e sua influência política

Saporski, fora uma aquisição muito valiosa para a Sociedade. De profissão agrimensor, era muito ligado às autoridades, onde granjeara certa respeitabilidade, o que lhe dava a possibilidade de interferir positivamente em varios assuntos, que afligiam os seus compatriotas. Graças à sua pessoa, a Sociedade se tornaria, em breve, uma espécie de repartirão pública, procurada pelos colonos poloneses, das localidades vidinhas, que tinham assuntos a serem resolvidos na Câmara Municipal, ou no Palácio do Governo. A Sociedade dava-lhe todo apoio. E. Saporski, assim respaldado, iniciava as suas peregrinações junto às autoridades.

Nos anos de 1892 e 1893, sendo um dos proprietários da "Gazeta Polska w Brazylii", Saporski assumira a redação deste jornal. Esse fato contribuíra, mais ainda, para o prestígio da Sociedade, pois nos seus recintos, é que fora elaborada e redigida a maior parte da matéria, que em seguida era publicada no semanário. O referido semanário teve uma longa existência e exercia no seio da coletividade polonesa no Brasil um grande prestígio.

Quando da Revolução Federalista (1894), a Sociedade havia se transformado numa espécie de esteio para os indecisos ou desorientados, que não sabiam que partido tomar - o da revolução ou mesmo do governo. Tanto a Sociedade, como Saporski, e, portanto, a "Gazeta Polska", eram da opinião, que os poloneses deviam ficar à parte, deixando que os problemas do país, fossem resolvidos pelos próprios brasileiros. No entanto, isso não impediu que os poloneses de São Mateus do Sul. induzidos por Antonio Bodziak, se aventurassem a seguir o chefe dos revolucionários - Gumercindo Saraiva. Esta leviandade custou-lhes muito caro - suas propriedades foram destruídas, muitos deles sofreram perseguições, outros tiveram que pagar com a própria vida. Não foi nos possível ainda encontrar provas concretas, mas não podemos descartar a idéia, de que a soltura de Bodziak e do padre Smolucha - inocente neste caso - quando presos em Curitiba, se deve à interferência de Saporski e da Sociedade Tadeusz Kosciuszko.

 

Primeiras Atividades e o Estatuto


Primórdios da Vida Social Polonesa no Brasil

Índice

 

voltar